O que eu aprendi com o #BEDA

O #BEDA terminou… ufa! E o que restou? Muita alegria de ter cumprido o desafio, tá, tudo bem fiquei sem postar 3 dias, mas no geral eu considero o desafio “well done”.

Foram 31( no meu caso 28) dias  de  assuntos, descobertas de novos blogs e pessoas lindas.

Quando comecei, o blog estava paradinho e próximo de completar 1 ano, então  eu achei que seria uma excelente oportunidade para movimentar isso aqui. Estava receosa em blogar de fato, porque eu não sou designer e nem sei manipular o photoshop. Eu não sou fotógrafa e nem tenho uma máquina fotográfica “fosdástica”, minhas fotos são feitas no Iphone,  de preferência a luz do dia para uma melhor iluminação. Mesmo assim, eu queria falar com as pessoas e expor o que quisesse sobre moda, empoderamento, produtos  e uma  vontade enorme  de escrever. Foi isso que fiz.

Me apeguei a frase da Jout Jout, no TEDx:

“Eu descobri que não precisava de muita coisa para falar com as pessoas” ( eu acho que é mais ou menos assim, mas se não for esta é a essência…rs…)

Foi assim que aprendi com o #BEDA que o blog  é meu, que eu posso postar  sobre mudanças capilares and o filme francês que assisti(mentira, só assisti o Pequeno Príncipe e falei dele aqui),  desde que seja com amor pelo simples fato de se comunicar, por gostar de um blog e fazer dele o meu mundo e pessoal.

Obrigada ao Rotaroots pelo desafio lançado, obrigada por tantas experiências trocadas , pessoas legais que conheci e blogs maravilhosos dedicados e sensíveis e  não “pasteurizados”(não que ser pasteurizado é ruim, mas às vezes é comercial demais).

beda1

Depois de toda a dedicação no mês de agosto, estava eu, cá desanimada com bloguinho, mas resolvi arregaçar as mangas e me desafiar para setembro também.

Meu desafio?

Um tema para cada semana e postar assuntos relacionados a este tema pelo menos 3x por semana.

Será?

Não sei, mas vou tentar.

Ah! Se quiser conferir tudo que rolou por aqui, durante o mês de  Agosto, só procurar ali do ladinho(na nuvem de Categorias) por  Rotaroots.

Beijos,

Jo Coeli<3

Sobre ser adulto e O Pequeno Príncipe.

Eu acho que O Pequeno Príncipe deve ser lido em idade diferentes e acredito também que Antoine Saint-Exúpery quando escreveu não imaginava que depois de tanto tempo o livro viraria outro livro e viraria um filme que estreou dia 20 de agosto.
petitprince
Adoro o Pequeno Príncipe  e suas frases sobre amor, cultivar amizades e a  forma mais pura ao olhar de uma criança. Gosto de interpretar as coisas,  desde uma publicidade sem noção na TV a um texto que leio, mas nunca pensei de fato o que poderia significar tantas frases lindas e tocantes escritas nas páginas daquele livro.
Na minha opinião, cada um pode e deve interpretar do jeito que quiser as lições do livro, de acordo com o seu momento e foi exatamente isso que aconteceu comigo quando eu assisti ao filme.
“Só se ver bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos”
O Pequeno Príncipe
É sobre amor, sobre amizade e sobre ser criança, mais ainda é sobre se tornar um adulto e esquecer  o que é diversão. Se tornar um adulto dentro de uma sociedade em que você precisa ter uma profissão tradicional para ser aceito, se tornar adulto em meio a prédios cinzas  e planilhas para ser bem sucedido.E o pior de se tornar este adulto, é que as nossas crianças se tornam este adulto também esquecendo da fantasia, do arco-íris  e de gostinho do algodão doce( porque quando se é adulto, não pode comer açúcar).
Le Petit Prince
Eu entendo que temos que ter uma profissão e dinheiro porque afinal de contas dentre as coisas boa de ser adulto estão as possibilidades de você comprar, pagar suas contas e e usar seu salário da maneira que lhe convier , mas o meu protesto é em favor de mais piqueniques e domingos no parque, mais mensagens cheias de carinhas felizes e corações e muito amor espalhado por ai.
Le Petit Prince
Porque até o Pequeno Príncipe cresce, mas a essência não muda nunca, e se quiser comer algodão , vai lá e seja feliz;)
“Os adultos são criaturas verdadeiramente estranhas”
Le Petit Prince
Imagens do site da Paramount Pictures 
 Beijos,
JoCoeli
badge_post_01

5 músicas que fazem parte da minha vida.

Em tempos de redes sociais e perfis no insta bombando,  todo mundo é cult e cool, não vejo ninguém assumir que gosta de sertanejo ou funk…Como eu não sou destas, eu assumo mesmo que amo sertanejo, mas calma lá não é qualquer sertanejo e eu  sou de época: já fui fã de Victor e Léo, César Menotti e Fabiano, Guilherme e Santiago…e hoje a única dupla que escuto religiosamente é Jorge e Mateus.

Eu resolvi fazer este post, porque me lembrei de uma cena que se passou no aniversário de uma amiga : o marido toca violão, então quando chegamos na festa já jogaram a viola nas mãos dele e a maioria dos convidados (que eu conhecia) sei que tem um gosto  musical  bem alternativo,  mas na hora da roda de viola só se ouvia Chitãozinho e Chororó and  “Zeca di Camargo e Luti”… sem mais para o momento., obrigada! De nada.

Que rufem os tambores…vamos as músicas.

1- Tem que ser você – Vitor e Léo(“Amô” eterno por esta música).

2-Jorge e Mateus – Como não me apaixonar( Não tem como não se apaixonar).

3- César Menotti e Fabiano – Cartas( Ah! Cesar e Fabiano é amor para vida toda).

Pra não dizer que só escuto sertanejo…cóf cóf…as duas últimas saem  totalmente deste mundo pé no chão, cheiro de terra  e viola.

5- Emicida – Sol de giz( Esta música é tão sensível).

6 – Pitty – Na sua estante(Ah! Esta é da diva mais diva de todas as divas).

Esta sou eu …e você?

Beijos.

JoCoeli

badge_post_01

Espalhando ‘bunitezas’ nesta terra de ninguém.

Sempre fico pensando em que posso ajudar o outro e  fico esperando uma epifania ou algo grandioso que nunca vem.Mas aí eu pensei, se eu puder fazer algo nem que seja um gesto pequeno mas que faça diferença pelo outro, tá valendo né? E  usar meu blog para espalhar ‘bunitezas” pela ‘internê’ é um caminho, porque assim as chances aumentam e “corre o risco” de mais  pessoas serem mordidas pelo mosquitinho do vamos dar o primeiro passo.

Separei  3 projetos que rolam nesta” terra de ninguém” (sabemos que não bem assim, ne?) que espalham o que há de bom  e isso reforça a fé  de que podemos acreditar, porque tem jeito.

1 – Vamos juntas?

Muita sororidade num lugar só, foi isso que pensei quando comecei a ler os relatos contado na fanpage.Conhecer este movimento me fez ter atenção com aquelas que me cercam ou por pelo menos 3 mulheres ao meu redor.Vamos juntas? é uma iniciativa linda e deve ser  “tatuada”na testa para que nós mulheres, lembremos sempre.A página conta histórias de mulheres que não se conheciam, mas que num momento de tensão ou perigo tiveram a sensibilidade de se ajudarem.Nada de julgamento só ajuda.Um movimento para chamar de seu e espalhar por ai.

vamosjuntas

Imagem da fanpage do Vamos juntas?

2-#Loveit FowardList conheci o projeto depois que uma amiga compartilhou no facebook e lá fui eu ler do que se tratava.Ao terminar o texto senti uma inquietação do tipo boa de que eu precisava fazer parte disso e uma vontade enorme de abraçar a Carol Areas, criadora do projeto.Enviar mimos, uma cartinhas, um carinho e motivação para quem está passando por um momento dífícil numa era tão virtual e solitária é uma ideia simples né?Mas neste mesmo mundo virtual  fazer com que as pessoas participem vão até os Correios é bem desafiador, mas a lista já tá grande e o desafio agora é de todos .Se inclua na lista e vamos espalhar amor do virtual para o real?

loveit

Imagem do blog Follow Th Colours

3- Chega de FIU FIU é um projeto criado pelo ThinkOlga com o objetivo de  lutar contra o assédio sexual em local público.A ação  conta com um mapa e histórias contadas por quem já sofreu  na pele.O mapa, mostra as áreas mais críticas do Brasil em questão de assédio e está disponível no site para que você saiba se o lugar que você frequenta está ali e para que você possa denunciar  se já passou por algo parecido. Relate sua história e encoraje a todas a não silenciar.Chega de  fiu fiu vai virar um documentário… é pra glorificar de pé!

E vc qual a sua causa?

Beijos. JoCoeli

badge_post_01

7 coisas que eu queria ser boa.

Sabe aquelas coisinhas do dia-a-dia  que você pensa assim:poxa, queria ser boa nisso!Bom, eu queria mesmo é ser fodona ops queria ser muito boa…rs…

1 Assoviar:não consigo entender porque as pessoas consegue assoviar e eu não…rs…assoviam musicas inteiras e eu com cara de paisagem. Na é poca da adolescência e das serenatas sempre rolavam aquelas músicas com partes imensas que so se assoviavam e eu? Só queria parecer normal e não uma foca com cãibra fazendo um bico.

assoviar

Aqui tem até um tutorial…yay, quem sabe agora vai?Nunca é tarde. Imagem do blog Papo de Homem 

2 Comer uma fruta depois do almoço e entender que isso é sobremesa:fruta depois do almoço é fruta e não sobremesa.Sobremesa é bolo com sorvete e torta crocante…huuuummm torta crocante;)

frutas

Imagem do My Honeys Place

3 Cozinhar: eu queria ser muito boa na cozinha com comidas mais naturebas e menos industrilizadas.Cosinhas mais caseiras feitas por mim, má oi eu não gosto de cozinhas…eu faço e gosto da minha comida mas amar, amar é outra coisa…

pin up cooking

Imagem do All Art

4 Dançar:mas não é ter ritmo para dançar não, é dançar profissionalmente mas sem esforço …rs…eu queria tipo um dia acordar, levantar e perceber que sou própria Débora Colker ou uma cópia feminina de Carlinhos de Jesus…hahaha!

dirtydancing

Imagem do blog Trechos da Minha Vida

5 Croché:queria ser foda em croché, saber muito e fazer tudo em croché…de biquínis a colchas e toalhas de mesas.Ai, agora neste momento onde o croché está em alta, eu ia ganhar dinheiro ou não.Tá mas você pode pensar assim: ainda dá tempo!Sim, dá tempo mas quando eu paro pra pensar que tenho que voltar para a famigerada “correntinha”e só quem um dia começou a aprender esta coisa linda sabe o que eu tô dizendo, me bate uma preguiça…ZZZzzzzz…

MaryCassat-Lydia

Imagem do Met Meseum

6 Cuidar de plantas; eu já matei cactus, gente!O Opuntia cochenillifera( um dos nomes científicos desta plantinha) nem exige tanta atenção assim….agora imagina eu cuidando de Orquídeas?

cactus

Imagem do blog Fenton&Fenton

7 Ter um melhor relacionamento com dinheiro:aiaiai reeducação financeira está na minha meta de 2015, para encontrar um ponto de equilíbrio entre meu dinheiro, meus gastos e eu!Até tento economizar mas estou sempre precisando de um batom rosa fantástico ou um creme novo com um precinho bom e que promete milagres para os cabelos cacheados;)

minionmoney

Imagem do Pinterest

E você queria ser boa(m) ou é bom(a) em que?

Beijos e até mais!

JoCoeli

5 dicas do bem que vão deixar sua semana mais leve.

4

 Abriu os olhos, espreguiçe e agradeça e não importa quem …Agradeça pela vida, por você e por aquilo que te cerca, de bom ou ruim, porque os momentos ruins nos fortalecem e é neles que aprendemos a ser sábios…Isso me deixa feliz e me  faz realmente sair da cama agradecida e com vontade de começar o dia.

item 2

 Todo dia é dia de aprender algo e realmente aprendemos mesmo, faça seu balanço no fim do dia. Fazer  ou aprender algo novo renova sua confiança em você mesmo e não to falando de algo complicado não:aprenda fazer arroz, por exemplo ou ande de  bicicleta  em vez de caminhar:) Usar algo novo,  tipo um colar ou blusinha, que você está guardando para aquela ocasião especial que nunca chega.Quer ocasião mais especial que o dia que começa?

5

Eu não sou ninguém sem café, e ao levantar da cama já preciso de uma xícara com bastante cafeína…rs…Mas no decorrer do dia prefira chá e não só pelos benefícios do chá, pois fico me perguntando se estes chás processados que tomamos tem algum benefício, mas pelo tempo pra você no meio do dia…e se não gostar de chá? Beba água, suco, ou o que preferir!

2

 Sem neura ou dieta maluca de segunda-feira, ok?Mas coma o que faz bem uma fruta ou iogurte de sobremesa ajuda a saciar aquele loucura por doces…isso me ajuda muito e deixa meus dias mais leves e com a certeza de que estou fazendo a coisa certa na hora de comer ou matar a fome no meio do dia!

1

 Isso mesmo, viaje num livro, uma música, filme ou série mas não é porque a semana tá começando que você não pode colocar em dia a última temporada de Once upon a time, já que a quarta  temporada começou e você não entendeu porque Emma e Killian estão…(bom, não quis colocar spoiller…rs…)!Sim, preferências a parte, assistir algo que eu goste a noite sempre me deixa renovada para um novo dia,  me distrai e não me deixa ficar ansiosa esperando o amanhã chegar para começar tudo de novo: acordar e correr pro trabalho.

E você tem dicas para viver bem?

Beijos,

JoCoeli

Bonne anneé!

2015

E o primeiro dia do ano se acaba e com ele os planos começam a ganhar forma.Nunca fui muito de fazer resoluções e  listas  para o novo, mas para 2015 resolvi que ter uma lista poderia me ajudar a manter o foco e cumprir tudo ou quase tudo como uma espécie de desafio.Massss, como não sou perfeita eu queria colocar um item prática já por hoje e já não fiz…rs…

Por enquanto temos somente a certeza que ganhamos mais uma página em branco para escrever a nossa história e com o meu potinho para momentos felizes de 2015 inaugurado, eu tenho alguns decretos para o período que se inicia:

IMG_8635

Por um ano:

-Com menos mimimi e mais hahahaha;

-Com menos desculpas e mais encontros com os amigos;

-Com menos receios e mais eu te amo;

-Com menos egoísmo e mais amor ao próximo;

-Com menos distâncias e mais telefonemas;

-Com menos tv e mais cinema;

-Com mais luz, paz, sinceridade, honestidade e também dinheiro e por que não?

-Com mais amor, com mais carinho e mais elogios aos amigos;

-Com menos reclamação e mais gratidão;

-Ah! com muita música também!

Meu 2014 não foi exatamente do jeito que eu queria e principalmente  segundo semestre, mas que venha uma nova etapa da minha vida com mais experiências e aprendizados!

E ai, qual o seu decreto pra 2015?

Beijos e feliz ano novo.

JoCoeli.